segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Homem foi assassinado na madrugada deste domingo, em Lajedo

 


Um homem identificado como Rosinaldo Bezerra da Silva, o Rolinha, foi assassinado com disparos de arma de fogo na madrugada deste domingo,  19 de setembro, em Lajedo. 

O crime ocorreu na BR-423, em frente a Docaplastic. Rosinaldo estava bebendo desde cedo e antes de ser assassinado estava em uma seresta em um posto de combustível onde teria se desentendido com seguranças. O local tem câmeras de segurança, mas a polícia só vai ter acesso às imagens nesta segunda-feira, 20.  A vítima tinha 26 anos e residia na Rua do Campo, em Lajedo. Seu corpo foi encaminhado ao IML.  O caso será investigado pela Polícia Civil.

PERNAMBUCO E O BRASIL CELEBRAM OS 100 ANOS DE PAULO FREIRE

 


Neste domingo, dia 19,  estão sendo celebrados os 100 anos de nascimento de Paulo Freire, professor, pensador e escritor natural do Recife. Ele, devido à importância de sua obra, foi escolhido como Patrono da Educação Brasileira, título que a direita já tentou cassar. 

Freire, que morreu em 1997, de infarto, desenvolveu métodos de educação revolucionários, alfabetizando camponeses em poucos dias. Sua pedagogia incluía a conscientização das pessoas; ele ensinava não apenas a ler, também a pensar, a compreender o mundo. Isso incomodou setores conservadores, que o acusaram de comunista.

Após o golpe de 1964, Paulo Freire teve de sair do Brasil e viver 16 anos no exílio. Trabalhou então nos Estados Unidos, na Inglaterra, na Suíça, na Bolívia, no Chile e em países africanos.

Voltou ao país com a anistia, na década de 80, tendo sido secretário de educação de Luíza Erundina, na prefeitura de São Paulo.

São fundamentais na obra do educador os livros Pedagogia do Oprimido, Educação como Prática da Liberdade e Pedagogia da Esperança.

No seu centenário estão sendo publicadas reportagens em toda imprensa pernambucana, brasileira e mundial. Os canais de TV SESC e Cultura exibem hoje e amanhã documentários sobre o professor. Esta semana, uma decisão da justiça proíbe o Governo Bolsonaro de tentar macular a obra de Paulo Freire.

O Diário de Pernambuco publicou hoje um conjunto de reportagem sobre o renomado educador. Para quem quiser saber mais sobre ele recomendo a edição digital do DP

REITOR PEDRO FALCÃO E A HOMENAGEM COM MEDALHA PAULO FREIRE


Professor Pedro Falcão, reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), recebeu na última sexta-feira pela manhã a Medalha de Mérito Educacional Paulo Freire, entregue em cerimônia realizada no auditório da Assembleia Legislativa, pelo Conselho Estadual de Educação.  

Na oportunidade, o educador, natural de São João, mas ligado há muitos anos a Garanhuns, fez o seguinte pronunciamento:

Bom dia, a todas as pessoas que estão participando desta solenidade, sejam os presentes fisicamente, sejam os remotos! 

Na verdade, o que preciso fazer aqui neste momento de tanta emoção é começar agradecendo aos que me honram com esta homenagem. É com muito orgulho que recebo este Mérito Educacional Professor Paulo Freire do Conselho Estadual de Educação de Pernambuco. Uma honraria desta magnitude me deixa realmente lisonjeado.

Mérito este que, me emociona ainda mais profundamente por ter o nome “Paulo Freire”. Bem, demostro minha profunda admiração quando digo a Vossas Senhorias que a epígrafe de minha tese de doutoramento, em 2014, foi uma frase deste Mestre, tamanha a admiração que tenho. Lá, registro:

“[...] Não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino [...] Pesquiso para constatar, constatando, intervenho, intervindo, educo e me educo [...]”.

Como professor universitário, é impossível ter trilhado o caminho de aprofundar meus estudos nos processos de ensino e aprendizagem e não ter o educador Paulo Freire como máxima referência.

Vi que esta honraria é concedida aos que se destacam pelo exercício docente reconhecido socialmente e retratam históricos com trajetórias exitosas no campo da educação do estado de Pernambuco, e recebê-la é certificar a minha trajetória acadêmica. Mas, é impossível realizar todo um trabalho na educação, em especial em tempos atuais, estranhos, sem uma grande equipe.

E esta equipe começa em minha residência com minha esposa Etiane, minhas filhas Lorena, Leticia e Larissa. Inclusive, agradeço a estas mulheres pelo apoio carinho e paciência, e aos demais familiares também, pela compreensão nas minhas ausências. Também, fazem parte desta equipe todos meus colegas da gestão e não menos importante a comunidade acadêmica de toda UPE.

Assim, posso agora, que este mérito que acabei de receber não é do Prof. Pedro Falcão, mas sim, de toda uma equipe que trabalha comigo ao longo de alguns anos, ou até, vou além, me permito extrapolar para todos os que vivem a educação brasileira. E me permito essa extrapolação, por dizer absurda, porque estamos em um momento sombrio em nosso país, e cada momento em que pessoas se juntam para vivenciar a educação, deve ser considerado um momento de resistência.

Sou um professor, essa foi minha escolha de vida profissional, e um seguidor do Mestre Paulo Freire, e assim, sei que nosso contexto social exige um papel de agente transformador da realidade, exige uma observação profunda sobre o Ser Humano, para além da formação apenas técnica. Mas, no caminhar profissional, também estou envolvido com a gestão acadêmica, assim, estou Reitor, e vestido dessa responsabilidade, assumi o compromisso administrativo de lutar pela melhoria do ensino público. No percorrer desta jornada, assumi outros compromissos que se alinham nessa luta – como a vice-presidência da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais. Meus amigos e amigas, não é uma tarefa fácil, sabemos. Mas, o mais grave é que está mais difícil ainda, em tempos atuais.

No entanto, aqui estou hoje recebendo este Mérito, e farei de cada momento do meu trabalho administrativo, e producente, um ato de resistência ao sistema posto, e um ato de compromisso com a educação. Só acredito nela, como solução para nossas desigualdades.

Para finalizar, só me resta, mais uma vez agradecer aos que propuseram essa homenagem.

A todos e todas, meu muito obrigado.

José Neto ganha força para 2022

 

Por Edmar Lyra

As reiteradas respostas do ex-prefeito Geraldo Julio excluindo-se do processo eleitoral de 2022 abriram perspectivas para que a Frente Popular possa ter um outro nome para a sucessão de Paulo Câmara no próximo ano. É evidente que em caso de mudança de posição do ex-prefeito e atual secretário de Desenvolvimento Econômico, ele confirma a naturalidade da sua candidatura e consequentemente reunirá as condições de liderar a Frente Popular na disputa.

Mas em caso de manutenção do posicionamento adotado por Geraldo de forma enfática, nos bastidores há uma avaliação crescente de que o PSB terá que trabalhar com uma alternativa para na hora das definições não ser pego de calças curtas. É neste contexto que entra o atual secretário da Casa Civil, José Francisco Neto, braço-direito do governador Paulo Câmara, e praticamente uma unanimidade na base do governo, tanto na Alepe, quanto com a bancada federal e principalmente com prefeitos.

Assim como Paulo Câmara em 2014, José Neto não procura a postulação, tem um perfil discreto e com o sentimento de que tem capacidade de trabalho e credibilidade junto a todos aqueles que lidam diariamente com o chefe da Casa Civil. Desde a sua chegada a pasta que os ruídos de comunicação foram dissipados, e melhorou muito a relação do governo com diversos atores, que hoje estão satisfeitos com os rumos da Frente Popular.

O desafio de José Neto é o fato de ser um ilustre desconhecido de grande parcela da população, em contrapartida não possui nenhuma rejeição, e com o apoio maciço da Frente Popular, sobretudo na aliança com o PT, na condição de candidato de Lula, terá plenas condições de crescimento durante a campanha. Porém, está evidente que tanto Geraldo Julio quanto José Neto, a escolha que for determinada pelo PSB não poderá esperar até julho ou agosto, quando haverá a realização das convenções, tendo que se definir até abril, quando haverá a  desincompatibilização dos secretários que serão candidatos em 2022.

Boletim Covid-19 – 19/09/2021

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foi notificado um caso de Covid-19 neste domingo (19). Mais uma pessoa está recuperada, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença. Um total de sete óbitos estão em investigação.

 


Até hoje, 152.447 doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas em Garanhuns. Deste total, 91.279 foram primeiras doses, 49.225 segundas doses, e outras 11.943 doses únicas.

 

Ao todo, já foram confirmados 14.505 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 296 pessoas vieram a óbito, 14.138 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 18 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 18506 testes pela rede municipal.

 

Atualmente, Garanhuns conta com 58 leitos clínicos de enfermaria, entre leitos municipais e estaduais. Sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19, 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales e 18 no Hospital Regional Dom Moura. Os leitos clínicos de enfermaria estão com 09% de ocupação.

 

O município conta ainda com 40 leitos de UTI; considerando os 10 leitos na Unidade de Tratamento Covid-19, 10 leitos no Hospital Regional Dom Moura e 20 leitos no Hospital Perpétuo Socorro. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está atualmente em 02% da capacidade.

 

Arte: Lucas Monteiro

sábado, 18 de setembro de 2021

Ceaca promove treinamento sobre manipulação de alimentos


A Prefeitura de Caruaru, por meio da Central de Abastecimento, promoveu nesta sexta-feira (17), um treinamento sobre Boas Práticas de Manipulação de Alimentos, que capacitou, de forma gratuita, 30 vendedores que comercializam na Ceaca.

O objetivo foi aperfeiçoar e ensinar os trabalhadores sobre as normas sanitárias para conservação, higienização, exposição, armazenamento e manuseio, para garantir uma alimentação segura aos consumidores.


A nutricionista da Ceaca, Edilza Melo, reforça a importância dos ambulantes seguirem as normas sanitárias e as condutas corretas de manuseamento dos alimentos para que o cliente possa fazer o consumo de forma segura. 


“Levamos orientações para os vendedores ambulantes que atuam no local sobre a forma correta de manipulação para evitar a proliferação de microrganismos nos alimentos e da necessidade de evitar tossir, espirrar, fumar ou manusear dinheiro durante o preparo dos alimentos”, disse.


Ainda durante a capacitação, mais de 100 carroceiros receberam orientações de um médico ortopedista de como manusear o peso dos alimentos de forma correta e de como realizar exercícios laborais para o fortalecimento da coluna lombar.


--
Alexandre Magnun - Jornalista
(81) 9 9786-2830
Fotos: Edmilson Tanaka

Boletim Covid-19 – 17/09/2021

 A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que foram notificados dois casos de Covid-19. Mais três pessoas estão recuperadas, após cumprir o período de isolamento, e não apresentar mais sintomas da doença. Mais dois casos que estavam em investigação junto às unidades notificantes foram inseridos no sistema de informação. Um total de sete óbitos estão em investigação.

 


Até hoje, 152.065 doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas em Garanhuns. Deste total, 91.182 foram primeiras doses, 48.940 segundas doses, e outras 11.943 doses únicas.

 

Ao todo, já foram confirmados 14.502 casos da Covid-19 em Garanhuns. Deste total, 296 pessoas vieram a óbito, 14.134 estão recuperadas após cumprir o período de isolamento domiciliar e não apresentar mais sintomas; e 18 pessoas que foram confirmadas com a Covid-19 estão em monitoramento. Já foram realizados 18470 testes pela rede municipal.

 

Atualmente, Garanhuns conta com 58 leitos clínicos de enfermaria, entre leitos municipais e estaduais. Sendo 22 destes na Unidade de Tratamento Covid-19, 18 na Unidade Covid-19 Palmira Sales e 18 no Hospital Regional Dom Moura. Os leitos clínicos de enfermaria estão com 05% de ocupação.

 

O município conta ainda com 40 leitos de UTI; considerando os 10 leitos na Unidade de Tratamento Covid-19, 10 leitos no Hospital Regional Dom Moura e 20 leitos no Hospital Perpétuo Socorro. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está atualmente em 02% da capacidade.

 

Arte: Lucas Monteiro